Vida

Broca de Esmeralda (Agrilus planipennis)

Broca de Esmeralda (Agrilus planipennis)



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O broca esmeralda (EAB), um besouro nativo da Ásia, invadiu a América do Norte nos anos 90 por meio de material de embalagem de madeira. Em uma década, essas pragas mataram dezenas de milhões de árvores em toda a região dos Grandes Lagos. Conheça esta praga, para que você possa tocar o alarme se chegar ao seu pescoço na floresta.

Descrição:

A broca de cinzas de esmeralda adulta é um verde metálico marcante, com um abdômen roxo iridescente escondido embaixo dos antebraços. Este besouro alongado atinge cerca de 15 mm de comprimento e pouco mais de 3 mm de largura. Procure adultos de junho a agosto, quando eles voam em busca de parceiros.

Larvas brancas cremosas atingem comprimentos de 32 mm na maturidade. O protórax quase obscurece sua pequena cabeça marrom. As pupas da EAB também parecem branco-creme. Os ovos são brancos no início, mas ficam muito vermelhos à medida que se desenvolvem.

Para identificar o broca de esmeralda, você deve aprender a reconhecer os sinais de uma infestação. Infelizmente, os sintomas do broca esmeralda não se tornam óbvios até dois ou mais anos após a broca entrar em uma árvore. Os orifícios de saída em forma de D, com apenas 1/8 "de diâmetro, marcam o surgimento de adultos. O processo de separação de casca e folhagem também pode indicar problemas de pragas. Logo abaixo da casca, galerias larvais em forma de S confirmarão a presença de EAB.

Classificação:

Reino - Animalia
Filo - Arthropoda
Classe - Insecta
Ordem - Coleoptera
Família - Buprestidae
Gênero - Agrilus
Espécies - planipennis

Dieta:

As larvas da broca esmeralda alimentam-se apenas de freixo. Especificamente, o EAB se alimenta dos tecidos vasculares entre a casca e o alburno, um hábito que interrompe o fluxo de nutrientes e água exigidos pela árvore.

Ciclo da vida:

Todos os besouros, incluindo o broca de cinzas esmeralda, sofrem metamorfose completa.

Ovo - As brocas de esmeralda depositam os ovos individualmente, em fendas na casca das árvores hospedeiras. Uma única fêmea pode colocar até 90 ovos. Os ovos eclodem dentro de 7-9 dias.
Larva - As larvas escavam um túnel através do alburno da árvore, alimentando-se do floema. Brocas de cinzas esmeraldas hibernam na forma larval, às vezes por duas estações.
Pupa - A pupação ocorre no meio da primavera, logo abaixo da casca ou do floema.
Adulto - Depois de emergir, os adultos permanecem dentro do túnel até que seus exoesqueletos endureçam adequadamente.

Adaptações e defesas especiais:

A cor verde do broca esmeralda atua como camuflagem na folhagem da floresta. Os adultos voam rapidamente, fugindo do perigo quando necessário. A maioria dos buprestídeos pode produzir um produto químico amargo, a buprestina, para deter os predadores.

Habitat:

O broca esmeralda requer apenas sua planta hospedeira, freixo (Fraxinus spp.).

Alcance:

A linha nativa da broca de cinzas esmeralda inclui partes da China, Coréia, Japão, Taiwan, bem como pequenas áreas da Rússia e Mongólia. Como uma praga invasora, a EAB agora vive em Ontário, Ohio, Indiana, Illinois, Maryland, Pensilvânia, Virgínia Ocidental, Wisconsin, Missouri e Virgínia.

Outros nomes comuns:

EAB